Componentes materiais, Parte 2

Publicado por

Narrador: Vocês estão diante de uma porta de madeira finamente trabalhada e com motivos de guerra. Há símbolos inscritos no portal num idioma que vocês não conhecem.

Jogador: Meu livro de rituais tem o ritual Compreender Idiomas. Vou conjurá-lo.

Narrador: Você tem os componentes?

Jogador: Não, mas temos o ouro necessário para pagar o ritual. São 10 moedas de ouro não é? [Temos raspas de moedas de ouro, não serve?]

Eu presenciei uma cena parecida numa sessão na casa de um amigo, mas tenho certeza que essa cena acontece muito em muitas mesas por aí e isso é um resquício das antigas edições, nas quais os magos, com suas milhares de magias com componentes materiais, nunca se preocupavam realmente em andar com uma bolsinha com asas de morcego, olhos de gato, etc.

Na quarta edição, os rituais exigem componentes materiais, e em algumas mesas, onde os narradores exigem maior profundidade ou os jogadores que interpretam personagens dotados de tais conhecimentos desejam tal profundidade, é inconcebível a não utilização dos componentes materiais.

Simplesmente pagar o custo em moedas de ouro para realizar um ritual pode não ser a saída mais interessante, embora funcione da mesma forma, porém quanto mais elementos forem adicionados a uma história para tornar os eventos pelo menos verossímeis, melhor.

Um ritual de Compreender Idiomas [Ritual Nível 1] requer 10 p.o. em componentes materiais. Por ser um ritual que tem a palavra-chave Arcana, os componentes materiais são tipicamente pequenos frascos com pó de metais, terras raras, ácidos ou sais. A utilização de extratos de criaturas (como dragões, basilíscos, entre outros) concedem alguns bônus.

Ter esses itens a mão adicionam uma cor necessária ao jogo, pois aproximam o personagem da interpretação. Ao invés de dizer: “Vou pagar 10 moedas de ouro para fazer o ritual Compreender Idiomas” o jogador diz “Eu retiro de minha bolsa um frasco contendo pó de chumbo e após recitar as palavras do encantamento, lanço o pó sobre a inscrição. As palavras dançam na minha frente, modificando os padrões e tornando-se inteligíveis”.

Pagar o custo adiciona um elemento de praticidade, mas utilizar os reagentes adiciona profundidade ao jogo. Os personagens que tiverem seus rituais, tem que adiquirir os componentes materiais com antecedência e correm o risco de não poderem realizar os rituais numa determinada situação, mas esses complicadores adicionam um outro elemento complicador que torna as aventuras ainda mais emocionantes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s