Custos de manutenção de propriedades

Publicado por

Saudações, aventureiros.

No artigo Construindo uma Fortaleza, falei sobre a seção do Dungeon Masters Guide, que trata sobre as atividades que os personagens desempenham quando não estão se aventurando e que tinham um brilho todo especial nas primeiras edições de Dungeons & Dragons.

Qualquer construção digna dos personagens envolve, normalmente, vultuosas quantidades de ouro, contudo, a manutenção dessas construções também é razão para que os personagens continuem a se aventurar ou abandonem de vez essa vida e passem a dedicar-se exclusivamente a atividades que garantam a manutenção de seus domínios.

Chateau La Gaffelière - Saint-Emilion, France
Chateau La Gaffelière – Saint-Emilion, France

Além das despesas associadas a manutenção do padrão de vida, os aventureiros que sejam proprietários de alguma construção, precisam preocupar-se em pagar os custos associados a manutenção delas, ou em breve, verá suas conquistas transformarem-se em ruínas.

Quando os personagens alcançam o 10º nível, não é incomum que eles sejam agraciados (voluntariamente ou não) com a propriedade de um castelo, uma taverna ou outro tipo de propriedade.

Essa aquisição pode ser adquiria através da compra com o ouro suado conseguido em suas pilhagens, pela tomada a força, obtida em uma jogada de sorte em um baralho das muitas coisas ou até mesmo como recompensa por perigosos serviços prestados.

A Tabela de Custos de Manutenção apresenta os custos diários para cada uma das propriedades e devem ser somadas aos custos apresentados na Tabela de Manutenção de Estilo de Vida.

Os custos de manutenção devem ser pagos a cada 30 dias, mas como os personagens passam a maior parte de seu tempo aventurando-se, a lista de funcionários inclui um administrador que se encarregará de fazer os pagamentos na ausência dos personagens.

Tabela Custo de Manutenção
Tabela Custo de Manutenção

Custo diário total: inclui tudo que for necessário para manter a propriedade e manter as coisas funcionando tranquilamente, incluindo o salário do pessoal contratado. Se a propriedade gera lucro, como coleta de taxas e impostos, entre outros, isso já é levado em consideração na tabela.

Pessoal qualificado e sem qualificação: pessoal qualificado, de acordo com o Players Handbook, são aqueles contratados para realizar serviços que envolvam proficiências (incluindo com armas, ferramentas ou perícias), como mercenários, escribas, dentre outros. O pessoal não qualificado são aqueles contratados para realizar serviços que não requeiram proficiências associadas, o que inclui trabalhadores braçais, carregadores, criadas e trabalhadores similares.

Para complementar os custos diários, utilize a tabela de Custos de Padrão de Vida abaixo.

Padrão de vida

Mais detalhes sobre as classes sociais em um próximo artigo, ou diretamente no Players Handbook p. 157-158.

Abraços e até a próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s