D&D Encontros: sessão 1

Publicado por

Até o momento não vi nenhum site brasileiro noticiar algo sobre o D&D Encounters, evento patrocinado pela Wizards of the Coast e que está ocorrendo em todo mundo.

De acordo com o site da Devir, apenas 15 locais em todo o Brasil se registraram para realizar o evento, um número muito pequeno, que se deve – a meu ver – principalmente pela condição imposta para realização destes eventos, que é de terem de ser realizados em lojas.

O site RPG do Mestre do @erickpatrick fala um pouco mais sobre o formato do evento.

O Ameron do Dungeon’s Master fez um reporte da sua primeira sessão e aqui traduzirei os trechos mais relevantes de seu artigo.

“D&D Encounters é uma campanha semanal e muito excitante onde os jogadores vivem um encontro épico por vez.” Eu joguei o primeiro encontro na noite passada e fiquei chocado. Foi cerca de duas horas para terminar o primeiro encontro e ele foi muito mais divertido do que a maioria das aventuras completas do LFR que eu já joguei.

D&D Encounter é uma aventura dividida em 12 partes da Wizards of the Coast e é jogado um encontro a cada semana ao longo de 12 semanas. Ele mistura os melhores elementos da Campanha Viva de Forgotten Realms (LFR) da RPGA e o Ultimate Dungeon Delve (UDD). Todos os personagens começam no 1º nível e podem ganhar experiência suficiente para alcançar o 2º nível após completar 6 encontros. O desafio é sobreviver a estes encontros uma vez que não existe oportunidade de realizar um descanso prolongado até o final do sexto encontro.

O programa fala de pontos de renome, que são ganhos de diversas formas e Ameron faz comentários neste trecho.

Não é necessário jogar os 12 encontros para ganhar recompensas, mas é interessante que você jogue todos. Os jogadores ganham pontos de renome sempre que jogarem, e quando acumulam pontos suficientes, pode trocá-los por cartões de poder semelhantes aqueles distribuídos pela RPGA como recompensas na Campanha Viva. Existem formas de ganhar renome tanto dentro do jogo, como fora dele. Se você criar o seu próprio personagem usando o Character Builder, você ganha pontos. Se você jogar com uma raça ou classe do PHB3, você ganha pontos. Durante o jogo, se você ajudar um aliado caído, você ganha pontos. A lista completa está no site da Wizards. Cada jogador registra os seus próprios pontos de renome no Undermountain Play Tracker.

Além disso, Ameron relata que o grupo precisa de um grupo bem equilibrado e que os personagens devem ser feitos prioritariamente visando o combate, sendo quase que uma obrigação do jogador, maximizar os atributos de forma que eles sejam capazes de acertar mais e causar uma maior quantidade de dano – nem pense em cenas elaboradas de interpretação.

Pelo que vejo, o D&D Encounters é uma experiência realmente interessante, além de muito interativa que merecia ter um alcance maior do que o que teve. Espero participar muito da próxima edição, mas se não der, paciência, vou ter que montar uma loja de RPG.

4 comentários

  1. Eu consegui autorização de uma escola de inglês aqui de Ribeirao Preto (SP) para rolar o evento, para só depois descobrir que não dava para baixar a aventura, ela seria enviada pelo correio.Como uma escola não se qualifica para o programa, fiquei chupando o dedo…

    Curtir

  2. Opa,Hoje rolei o segundo encontro, posso dizer que é uma das melhores(se não for a melhor) aventuras prontas de d&D Quarta Edição que já vi.Discordando do Ameron, a aventura da várias dicas para que role roleplay e na minha mesa rolou bastante.Aproveitando a carona em discordar, não concordo que os personagens tenham que ser feitos para o combate, lendo a ventura como um todo e mesmo no começo, ter uma boa base de skills é muito importante para que os jogadores tenham as informações e não sejam “peões” no plote, até para tomarem as melhores decisões.Pessoalmente achei muito equilibrada a aventura, estou muito contente de ter em mãos e mesmo depois do Encounters, vou usar a mesma para uma campanha.

    Curtir

  3. Obrigado por comentar por aqui grande Sembiano.Uma pergunta que fica é: será que essas aventuras estarão disponíveis em formato digital em algum momento de um futuro próximo para que os mortais que não tenham lojas em suas cidades sediando o evento?E quanto às discordâncias, eu sou da escola que acha que dá pra interpretar com tudo, tudo mesmo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s