Trampolim em João Pessoa

Publicado por

O Grupo Trampolim RPG saiu do Condado e foi até a cidade de João Pessoa participar do Dia Mundial de D&D.

Infelizmente as fotos que o amigo Tendson tirou não ficaram boas (ele insiste que minha máquina estava com problemas de configuração, mas a configuração era o fotógrafo) e nós não pudemos fazer o registro adequado.

Saímos de Condado Natal por volta das 6 da manhã e após nos perdermos em João Pessoa, recorri a ajuda, ligando para o Daniel (@danramos) que orientou direitinho. Após um teste de Manha bem sucedido, conseguimos chegar ao local, onde o Daniel e a galerinha de João Pessoa já estava arrumando as coisas.

Embora eu tenha saído de Natal, com mais três hobbits aventureiros (Hemerson, Leandro e Tendson), doidinho para jogar, acabei mestrando e só não achei a aventura melhor por tê-la lido apenas no dia anterior.

Quando chegamos fui tentando me ambientar. O Daniel e o Nino (com quem conversei primeiro), nos deixaram muito a vontade e enquanto eu montava a mesa para jogar a aventura, os outros três hobbits aventureiros armavam as mesas para exposição dos jogos de tabuleiro, que foram escolhidos a dedo para o evento.

Minha mesa foi a segunda a ser aberta e dos cinco jogadores (vou colocar seus nomes logo logo), dois jogavam 4ª edição e três deles pararam na v3.5.

Gastamos um bom tempo explicando os poderes para os novatos e deixei eles bem a vontade para escolher os personagens, mas infelizmente eles acharam o Shardmind muito alienígena para a mesa e este foi deixado de lado, o que tornou algumas partes da aventura mais difíceis, principalmente no que se refere aos conhecimentos arcanos.

Consegui rolar a aventura em 4 horas, um feito inédito em eventos do D&D Game Day e poderia ter feito em metade do tempo, se não tivesse deixado o pessoal tão a vontade.

Os hobbits jogaram alguns jogos de tabuleiro, tentando chamar a atenção dos participantes do evento, mas pela especificidade do evento, algumas pessoas se aproximaram, mas acho que ficaram tímidas e acabaram não jogando.

No final, o balanço foi extremamente positivo.

Como eu já conheço um pouco de organização de eventos, sei a correria que é e nem sempre as coisas dão tão certo quanto queremos. Pela manhã a presença foi pequena, mas a tarde muita gente foi chegando, pena que nós não podíamos sair tarde.

Gostaria de agradecer ao Daniel (@danramos), Nino, Elisa (@Elisagen), Allana (@brain_storm) pela receptividade e só vou reiterar o convite aos paraibamos de vir ao Rio Grande do Norte participar de um de nossos eventos.

Só pra constar, quase perdemos os nossos jogos de tabuleiro quando voltamos, pois os “policiais” da Manzuá queriam uma bolinha para liberar os jogos “que são proibidos” que estavam conosco. Não fosse um dos hobbits aventureiros ser policial, o negócio teria ficado feio para o nosso lado.

Minha mesa em João Pessoa.

Eu gostaria de agradecer muito a Roberta (Caewin), Carlos (Izera), Bruno (Foostus), Erick (Zazenna) e Hamed (Kalen) que toparam o desafio de confrontar os perigos dos Reinos Distantes e espero que aqueles que nunca tinham jogado D&D 4ª edição tenham saído com pelo menos um pouquinho de interesse.

Abaixo algumas fotos, mas preparem-se, o fotógrafo disse que a culpa foi da máquina, eu acho que não.

Uma outra visão de minha mesa.
O segundo mapa da aventura. O portal para os Reinos Distantes estava próximo.
No evento tinha comida...
... e camisa nerd para vender.
E como não poderia deixar de ser, uma pequena amostra dos jogos do Grupo Trampolim da Aventura.

Como disse, as fotos não ficaram boas, mas como insistiram para colocar aqui, espero que consigam identificar alguma coisa.

Até a próxima.

7 comentários

  1. Olha ae a aventura dos pequeninos em condados diferentes. Quando tiver essas coisas em Natal, por favor me avise com antecedência.Espero mesmo poder visitar meus colegas de hobby nordestinos um dia…Parabéns aos “jampenses” [quem nasce em Jampa tem que naturalidade mesmo?] pela organização do evento. Em breve, o interior do Ceará também vai contar com essa atração.Posta as fotos, mesmo a peça chave não tendo funcionado direito [haha]…

    Curtir

  2. Caramba, comassim tem jogos de tabuleiro “proibidos”? Que barra!Pô, Franciolli, queria até te pedir desculpa por não ter dado nem um pouco de atenção, com a correria que estava e ainda precisando abrir mesa não deu mesmo =/Mas é isso, que bom que gostaram, vamos retribuir a visita, pode esperar!

    Curtir

  3. Muito obrigada pela visita, pela forca. E foi mal nao ter dado a atencao que voces mereciam, mas eu estava mais louca que a aventura que voces mestraram. =DUm abraco.OBS: estou sem acentos. =(

    Curtir

  4. Os caras quando querem suborno inventam qualquer coisa, mas conseguimos passar num teste de Intimidação e embora eles tenham ficado putos de raiva, deixaram o carro passar.

    Curtir

  5. Como eu disse Elisa (acho que pelo twitter), não se preocupem com a questão da atenção, me senti realmente em casa e os meus companheiros gostaram muito do evento.Eu sei exatamente como é organizar um evento e sei que nem sempre podemos dar a atenção a todos.Parabéns pelo evento, foi show.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s