Marcha para o Oeste: Compartilhando Informações

Saudações, aventureiros e aventureiras. Neste artigo, vamos falar mais um pouco sobre o modelo de campanha Marcha para o Oeste, originalmente publicado no site Ars Ludi. Takfar, um de nossos leitores, atentou para o fato de que uma tradução mais apropriada para o termo “West Marchs” fosse algo como “Fronteiras do Oeste” ou “Marcas Ocidentais”. […]

Leia mais

Personagens crianças para Mythras

Já faz algum tempo que venho tentando encontrar uma fórmula para criar personagens crianças nos meus jogos preferidos, sem ter que recorrer a um outro título mais voltado para esse tipo de aventura. O Hero Kids, citado por muitos jogadores como uma boa porta de entrada de crianças ao hobbie, não tem a meu ver […]

Leia mais

Viver pela espada, morrer pela espada?

Esta é uma adaptação, do texto “Live by the sword, die by the sword?” escrito por Pete Nash e publicado na revista The Fenix Paper. Mythras é um sistema conhecido por abraçar a letalidade real de um combate, quebrando alguns paradigmas. O ponto chave do artigo é: a violência é a principal forma de resolver […]

Leia mais

Construções não naturais e perigos no subterrâneo

Nos dois artigos anteriores, falamos sobre cavernas naturais, suas características a algumas ideias para aventuras. Neste artigo, vamos tratar de construções não naturais, seus perigos e como os aventureiros podem aumentar suas chances de sobrevivência nestes ambientes hostis.

Leia mais

Explorando cavernas naturais

As cavernas naturais podem ser de origem calcária, marítima ou de lava, sendo as mais comuns aquelas que se desenvolvem em terrenos sedimentares. Devido às condições ambientais exclusivas das cavernas, esse ecossistema apresenta uma fauna especializada para viver em ambientes escuros e sem vegetação. O que considerar quando exploramos esses ambientes incríveis? Ao longo dos […]

Leia mais

Tipos de cavernas naturais onde se aventurar

Embora os ambientes subterrâneos possam parecer todos iguais, especialmente quando as personagens não conseguem ver um palmo à frente do nariz, uma grande variedade de ambientes aguardam aqueles que desejam explorar as profundezas. As diferenças fundamentais entre os locais subterrâneos estão ligadas às suas origens. Elas foram criadas por forças geológicas como erosão, terremotos ou […]

Leia mais

Nível de detalhamento das descrições

(Mestre) A porta que vocês acabaram de abrir dá acesso a uma sala ampla, mobiliada como um escritório. Uma rápida olhada pela sala revela mais duas portas, uma em frente e outra do lado esquerdo. (Jogador) Faço um teste de Procurar para ver se encontro alguma coisa interessante na sala. Em minhas mesas, esse tipo […]

Leia mais

A primeira jornada de Peter

Peter d’Rochester é um jovem de apenas nove anos de idade, mas sua primeira grande jornada bateu à porta um pouco antes do esperado. O Vale de Yolbiac não possui um regente, mas treze famílias ducais que regem a maior parte deste reino de florestas. Uma dessas famílias é a Rochester, que reclamou para si […]

Leia mais

Tudo junto e misturado

Quando comecei a jogar AD&D, fui desenvolvendo minhas campanhas em cenários próprios, pois me sentia esmagado pela imensidão do Forgotten Realms e seus muitos livros já publicados. Demorou um pouco para que eu entendesse que aquele cenário seria meu a partir do momento que eu começasse a criar minhas aventuras nele, e que o canon não interessava. […]

Leia mais

Dark Souls: Uma experiência old school

Nos últimos meses, afastado das mesas de RPG, me dediquei a jogar os jogos clássicos da série Souls, começando por Bloodborn, e seguindo a sequencia de todos os Dark Souls. Empolgado com os jogos, busquei entender qual a relação dos jogos Dark Souls com o RPG old school.

Leia mais

Ladrão sim, assassino não

Você já interpretou um personagem ladino? Acredita que um dos motivos que levam os jogadores a escolhê-lo é a quantidade de dano que ele pode provocar com um Ataque Furtivo? Estes personagens precisam ser assassinos frios e calculistas ou seria possível jogar com um ladino que não mata?

Leia mais

Magias perigosas e o que aprendi no D&D 4E

Cenários de baixa magia geralmente exigem que efeitos mágicos sejam mais minguados, como é o caso do próprio Senhor dos Anéis RPG que exige uma verdadeira epopeia cósmica para se lançar uma magia mais poderosa, no Império Esmeralda, os shugenjas realmente poderosos dominam os elementos após vários anos de estudo, contemplação e aperfeiçoamento, enquanto as […]

Leia mais

One shot: Acordos diplomáticos

One shot #05 Acordos diplomáticos Iniciando nossa série de encontros semanais, a coluna “One Shot” trará ideias para suas aventuras. A princípio não trato de um único sistema, mas no decorrer destas linhas muitas vezes surgiram citações, descrições e regras voltadas a jogos como o D&D, WoD e muitos outros. Então convido vocês a darem […]

Leia mais

One shot: Bichinhos de estimação

One shot #03 Bichinhos de estimação Iniciando nossa série de encontros semanais, a coluna “One Shot” trará ideias para suas aventuras. A princípio não trato de um único sistema, mas no decorrer destas linhas muitas vezes surgiram citações, descrições e regras voltadas a jogos como o D&D, WoD e muitos outros. Então convido vocês a […]

Leia mais

Três técnicas para tornar masmorras memoráveis

Uma masmorra no padrão gygaxiano é um conjunto ruidoso de salas interligadas a corredores, paredes de pedra escavada, muito fria e úmida. Como narrador já usei diversas vezes essa ferramenta, em um hackslash clássico, aquela primeira aventura onde alguns goblins sobrevivem nesse ecossistema e interagem com os personagens. Depois de concluída a missão, quantas vezes […]

Leia mais

Desafios e armadilhas na fantasia medieval

O suor escorre pela testa de Antonie enquanto todos olham apreensivos. Ele modela suas ferramentas no pequeno buraco encontrado atrás do bloco falso. Exasperado, move suas mãos meticulosamente, mas não consegue a tempo, as seteiras disparam atingindo Eliot que estava preso num circulo mágico, o Gnomo leva as mãos à cabeça, seu amigo jaz morto… […]

Leia mais

Sistema de Guildas para D&D 5E e Old Dragon

Sou grande fã dos trabalhos de John Wick, meu favorito é a primeira edição de Legend Of The Five Rings (L5R 1E), sempre gostei das soluções apresentadas pelo autor para situações que necessitam de gestão de recursos. As regras de combate massivo do L5R 1E estão entre as que mais gosto. Outro trabalho que adorei […]

Leia mais

Três dicas básicas para tornar combates mais interessantes

Um orc corre em direção a um personagem, o que o jogador vê nessa cena? Posso descrever? Deslocamento 9m (12m em investida), um ataque +5 usando investida e o dano de 1d12+3, além disso, ele deve ter uma CA 14 e talvez uns 4 a 6 pontos de vida. Pergunto-me então, é isso mesmo que […]

Leia mais