O RPG que não joguei em 2012

The Elder Scrolls V: Skyrim foi lançado em novembro de 2011 e no início de 2012 levou o prêmio de Melhor Jogo e Melhor RPG de 2011, mas foi somente em janeiro de 2012 que tive o prazer de instalá-lo e começar a desbravar o mais interessante jogo para PC que eu já joguei.   Até o momento que escrevo este artigo, tenho 149 horas de jogo, com 63% das conquistas alcançadas e como me tornei um viciado em alcançar conquistas, é bem certo que devo dedicar ainda muito mais tempo diante da tela do computador. O ano de 2012 não foi um ano muito prolífico em relação a partidas de RPGs para mim, e se tivesse dividido as horas que passei explorando Skyrim em sessões de RPG, teria jogado aproximadamente 38 vezes, que talvez não tivessem sido tão inspiradoras.   Eu falando de Skyrim, é o mesmo que um macfag falando de produtos da Apple, mas no meu caso, não vejo porque duvidarem de minha sexualidade 🙂 Spoilers adiante…   Fui conduzido lentamente, saboreando a história de Skyrim, enquanto desvendava fatos sobre o personagem e sobre o mundo que o cerca, em uma história envolvente e empolgante, principalmente por toda ela se desenvolver baseada na construção de relações com diversos personagens da trama… alguns com os quais é possível inclusive estreitar relacionamentos até um casamento, mas sem firulas de namoro ou noivado. A vida é curta e o povo em Skyrim […]

Leia Mais →