Cartas Selvagens

Publicado por

Quando aventurei-me nos fantásticos mundos de GURPS, interpretei um cientista cujo corpo tinha a incrível capacidade de transformar-se em armas letais, graças a nanotecnologia. O personagem se chamava Warblade e foi copiado das páginas da saudosa Dragão Brasil, tendo sobrevivido a uma longa e bela campanha.

Naquela época, o GURPS Supers era apenas um dos cenários que jogamos, um dos que tenho mais saudades e por isso, fiquei tão curioso quando foi lançado em português o livro “Wild Cards Livro 1 – O Começo de Tudo”, um livro editado por George R. R. Martin, criador da série A Game of Thrones.

O GURPS Supers trazia, como ambientação, o cenário Cartas Selvagens e embora tivesse me chamado atenção à época, nenhum outro jogador interessou-se pelo cenário.

Em 15 de setembro de 1946, ao fim da Segunda Guerra Mundial, um vírus alienígena é liberado sobre Nova York, dotando alguns poucos com super poderes, transformando muitos outros em aberrações e matando milhares.

wild cards

Aqueles que desenvolveram super habilidades são chamados de Ases, enquanto as aberrações são chamados Curingas, uma perspectiva que sempre me atraiu em alguns RPGs, a possibilidade de escolher uma personalidade, mas não necessariamente que tipo de poderes você terá, uma perspectiva que parece/parecia assustar muito alguns jogadores.

Quando adquiri o livro, pensei imediatamente na perspectiva de um jogo de GURPS, e confesso que fui surpreendido. O livro não é somente sobre super heróis, mas sobre como eles influenciariam o nosso mundo e como seriam influenciados por ele, em uma bizarra dança política de interesses.

Para quem gosta do gênero supers, recomendo a leitura do livro (que ainda não terminei). Para quem gosta de jogo de supers, recomendo ainda mais a leitura, pois seu cenário, caso se interessem, pode ser adaptado facilmente a qualquer gênero e a sua ideia principal, pode ainda ser adaptada a qualquer gênero, até mesmo a fantasia medieval.

4 comentários

  1. Pelo que sei,o Wild Cards, tanto o cenário de rpg quanto o livros, começaram como partidas de Gurps Supers do George R. R. Martin que já vinham rolando.
    No final dos anos 80 foi que o George R. R. Martin resolveu transformar as aventuras dos personagem em obra literária, isto acontece praticamente ao mesmo tempo que o cenário para Gurps é lançado.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s