Trama da Sessão D&D Next

Publicado por

Há muitas gerações o complexo de cavernas próximo à vila de Crestton abrigava uma ampla comunidade de anões, mas dizem que uma praga mágica forçou os membros da raça a abandonarem suas casas.

Nos últimos meses foram reportados vários ataques a caravanas na região próxima a vila, perpetrados principalmente por kobolds, mas as autoridades locais não tomaram nenhuma providência, principalmente pelos ataques não terem tido consequências mais graves do que alguns dragões de ouro em prejuízos que os próprios comerciantes estavam se arriscando em ter, e por ser dispendioso financiar uma investida as antigas cavernas.

Mas alguma coisa começou a mudar e há uma semana os ataques ficaram mais violentos, e uma caravana vinda de Richville foi atacada brutalmente. Os soldados foram mortos e os demais levados como reféns, com exceção de uma jovem que se escondeu na floresta, sendo encontrada no dia seguinte ao ataque próximo a Crestton.

A jovem Ariadna diz que a caravana foi atacada por criaturas grandes, algumas das quais latiam como cães, mas que eram maiores do que os soldados que faziam a guarda da caravana. Ela disse ainda que viu os sobreviventes serem levados para a ravina e lá os gritos de socorro e os latidos e gritos dos atacantes sessou.

Entre os sequestrados está o noivo dela, um nobre chamado Aledar que a ajudou a fugir, chamando atenção para si no momento do ataque. Assim que ela foi encontrada pediu que uma carta fosse enviada a família de seu noivo em Richville, pois eles enviariam alguém para tentar resgatá-lo.

Três dias depois, chega a Crestton um elfo chamado Glaeron, tutor do jovem Aledar, acompanhado por Dal’Baris, um halfling comerciante residente em Richville que já veio algumas vezes a Crestton com seu mentor artífice, que também fora sequestrado.

No mesmo dia chega também a cidade dois anões, Norin e Thrain, um clérigo de Moradin e um destemido guerreiro acompanhando um clérigo humano chamado Samael, clérigo de Pelor. O trio vem da cidade forte Wolfaire seguindo pistas de um culto maligno cujos membros estariam a procura de um artefato mágico antigo que possivelmente estaria escondido em algum ponto dos túneis na ravina.

Norin e Thrain desejam explorar o lugar e quem sabe um dia, devolvê-lo ao seu povo, mas primeiro têm que verificar se os boatos sobre o culto são verdadeiros e em caso afirmativo, frustrar seus planos de encontrar o artefato – que segundo lendas, pode ter sido a causa da saída dos anões daquele local.

Base da ravina da Caverna do Caos! Por onde começar?

3 comentários

  1. Valeu Dan Ramos e Conan Berserker pelos comentários, foram curtos (o do Conan mais ainda, mas esperar o que de um bárbaro?), ainda assim extremamente inspiradores para mim 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s