Grupo preparado sobrevive

Publicado por

Texto original: The party that prepares survives
Postado em: 19 de março de 2010
Autor: Wimwick
Site: Dungeon’s Master

Dizem que nenhum plano sobrevive ao contato com o inimigo e isso pode ser verdade. No entanto, sem um plano, seu grupo provavelmente não sobreviverá ao contato com o inimigo. O grupo que planeja antes, muito freqüentemente avança.

A Arte da Guerra da Sun Tzu é um excelente local para encontrar pérolas da sabedoria referentes a guerra. Sua sabedoria tem sido usada tanto por líderes militares quanto dos negócios. Vamos dar uma olhada em algumas dessas referências e ver como elas se aplicam no contexto de jogo para permitir que seu grupo não apenas sobreviva, mas que sejam bem sucedidos durante o combate.

Se você conhece seus inimigos e conhece você mesmo, você pode vencer cem batalhas sem nenhuma baixa.

Jogadas de conhecimento são ações livres e você se beneficia em conhecer ou não as fraquezas de seu inimigo. Treinar as perícias de conhecimento apropriado concede acesso as vulnerabilidades e resistências, além dos ataques especiais. Sabendo como seu inimigo vai atacá-lo, permite que você prepare melhor as suas defesas.

Se você estiver enfrentando um grupo de assassinos drows que usam ataques de envenenamento, ter a poção apropriada de resistência a mão já será um bom passo para sobreviver ao encontro.

Da mesma forma que você precisa conhecer as habilidades dos seus inimigos, você precisa estar ciente das suas próprias habilidades e as sinergias que você compartilha com os membros de seu grupo. Não é uma boa idéia metade do grupo correr para cima do inimigo antes que o mago possa usar sua magia que atordoa os inimigos. Conheça seu inimigo e conheça a si mesmo.

Toda guerra é baseada em enganação.

Furtividade é uma ferramenta maravilhosa. Embora seja uma habilidade garantida a apenas algumas classes, isso não significa que o grupo não possa usar ferramentas de enganação para levar vantagem de alguma forma. Faça o inimigo pensar que você está em um lugar e então ataque de outro. Use terrenos e zonas para controlar o movimento dos seus oponentes. Um dos personagens tem uma alta resistência ao fogo? Deixe que ele avance, seja cercado por inimigos e então lance uma bola de fogo naquele local.

Talvez você use uma Armadura Conjurada e sempre começa o combate sem a armadura, enganando seus inimigos com um falso senso de superioridade. Quando eles se engajam no combate corpo-a-corpo, você conjura sua armadura e segue em frente para eliminar seus inimigos.

Você só pode garantir que seus ataques serão bem sucedidos se seus ataques acertarem locais desprotegidos. Você só pode garantir a segurança de suas defesas se você estiver em posições que não possam ser atacadas.

Fazer descansos curtos e prolongados são vitais na 4ª edição. De igual importância é onde fazer estes descansos. Se você não estiver certo sobre isso, veja o que o Chatty DM tem a dizer sobre o assunto. Só porque você limpou metade de uma masmorra, não quer dizer que a área é segura. A masmorra é viva, monstros tem amigos também e eles podem ficar ofendidos por vocês teremo matado eles.

Então, quando estiver descansando, principalmente durante os descansos prolongados, certifique-se de estar em um lugar que possa defender. Procure itens mágicos ou rituais que possam ajudá-lo a preparar um local seguro para descansar.

Da mesma forma que você vai querer defender sua área de descanso, você irá querer atacar seus inimigos quando eles não esperam. Você está esperando inimigos noturnos, então ataque de dia. Eles fazem uso de certos tipos de terrenos, então encontre uma forma de mudar as coisas.

Que outras dicas você tem não apenas para sobreviver ao combate, mas eliminar o inimigo de tal forma que trivialize o encontro?

6 comentários

  1. Hey man a arte da guerra é um livro sensacional, nele que se baseia o Livro dos cinco anéis e toda a estratégia militar ocidental desde o império romano. E já que d&d 4E é também um jogo de estratégia, é bem interessante então que os jogadores aprendam um pouco sobre estratégia, jogos de video game como FF Tatics, Fire emblem e Front Mission são a boa pedida (sim eu sou classicista kkkk) para aprender unas manhas novas, além do que concordo com o tema, grupo preparado sobrevive a tudo !!!

    Curtir

  2. Ótimo artigo, Franciolli.Devo confessar que não sou jogador de D&D (já fui e atualmente jogo O Novo Mundo das Trevas), mas adoro ler as matérias do seu site!Os artigos conseguem valorizar alguns aspectos que alguns mestres/jogadores às vezes não percebem que podem ser explorados/aprofundados.Abraço.

    Curtir

  3. Obrigado Caetano pelo comentário.Eu gosto de pensar que alguns dos artigos servem para todos os sistemas, mesmo tendo sido escrito para um especificamente.Enquanto não falamos exclusivamente de mecânicas de regras podemos nos comunicar bem em qualquer sistema.Eu tenho tido muita vontade de ter artigos sobre Storyteller/Storytelling aqui no site, mas infelizmente não tenho colaboradores para isso :DGrande abraço.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s