Construção de Mundos 101: Bíblias de Campanha e Escopo

Publicado por

Este artigo foi escrito por Brandan Landgraff do d20 Source e foi publicado no dia 16 de dezembro de 2009 sob o título original World Building 101: Campaign Bibles and Scope.

A construção de um mundo é divertida e gratificante, mas é fácil perder de vista o objetivo fundamental de sua bíblia de campanha quando você começa a escrever os detalhes do seu mundo de campanha. Uma bíblia de campanha pode ser um almanaque e uma enciclopédia, mas é importante manter o foco da campanha a medida que você está narrando-a, e não no mundo em si. A diferença entre os dois pode ser muito vaga, mas é uma diferença vital.

Incluir alguma coisa na bíblia de campanha cria a expectativa naqueles que a lêem de que aquela informação está sendo incluída porque é importante para a campanha. Se a sua bíblia de campanha contém o mito sobre um homem que encontrou uma lança legendária que foi utilizada para matar um deus-dragão, então os seus jogadores irão – conscientemente ou não – procurar por esta lança em algum ponto do jogo. Se você incluir este mito apenas para dar profundidade ao mundo, então os jogadores poderão sentir-se desapontados quando ela não aparecer no jogo.

O segundo fator importante quando escrever a sua bíblia de campanha é uma que já foi discutida – mantenha tudo organizado. Vamos dar uma olhada nas categorias básicas que foram discutidas no artigo Construindo Mundos 101: Mantendo a Organização, examinando cada um com mais profundidade.

Pessoas como uma categoria, deveria primeiro incluir NPCs chave ou figuras importantes de seu cenário. Quando você começa a escrever sua bíblia de campanha é uma boa idéia começar com os personagens com impacto imediato na campanha, seguido pelos personagens com menos impacto e assim por diante. Personagens importantes na história de sua campanha devem também ser incluídos se suas ações tiverem impactos na história ou cenário que seus jogadores estão explorando. Tente deixar espaço para seus jogadores acrescentarem alguns NPCs dos históricos de seus próprios personagens, que poderão ser usados para fornecer ganchos de enredo que expandirão a história dos personagens. Neste caso, é importante lembrar-se que as mesmas considerações são válidas sobre o conteúdo da bíblia de campanha – se um jogador detalha um NPC, é provável que ele espere ver aquele personagem no jogo. Embora você não tenha nenhuma obrigação de incluir estes personagens no jogo, é uma boa idéia fazer esforços para fazê-lo.

Lugares representa uma categoria muito ampla que inclui todos os lugares que os personagens possam ir. Novamente, comece com as áreas imediatamente mais importantes para a sua campanha, então secione para incluir mais informações. Você pode querer focar em uma nação específica, detalhando várias metrópoles, cidades e locais de aventura dentro daquele reino, apresentando apenas um esboço dos reinos mais distantes. Você pode decidir detalhar todos os lugares previamente ou descrever até os menores detalhes de uma cidade maior como o nome das ruas e os negócios encontrados em cada uma delas. É importante notar, entretanto, que detalhar cada área de seu mundo de campanha reduz ou remove oportunidades de seus jogadores contribuírem com suas próprias regiões ou de você improvisar alguma coisa mais tarde. É legal deixar alguma coisa aberta para ser detalhada no futuro. Subcategorias de lugares pode incluir reinos, metrópoles, cidades, locais de aventuras ou pontos específicos dentro de qualquer uma das categorias anteriores.

Coisas, em comparação a pessoas, cobre uma banda relativamente estreita de tópicos. Geralmente cobrirá itens importantes do enredo, artefatos específicos da campanha ou itens mágicos originais que você desenvolveu para a sua campanha. Ela também pode incluir itens legendários ou históricos do seu mundo de campanha. Aqui é particularmente importante repetir que se você não pretende colocar um item em sua campanha, ele não deve ser incluído na sua bíblia de campanha; a alusão a um item mágico impressionante irá levar seus jogadores a seguir todas as pistas do poderoso artefato que você incluiu ali, e eles podem ficar furiosos quando descobrirem que você nunca teve a intenção de deixá-los ter acesso ao item que você descreveu.

História é uma área ampla. Você pode usar esta seção para descrever os mitos e lendas que cercam a criação do seu mundo, as guerras dos impérios antigos que uma vez o dominaram ou mesmo a história da pequena vila onde a sua campanha começará. Esta categoria pode ser responsável por dar profundidade ao seu cenário, mas seja cauteloso em não transformar os fatos em uma série de datas e batalhas para serem memorizadas ou seus jogadores poderão perder o interesse. Limite o que você inclui para evitar um sentimento de estar lendo um livro chato de  história. Esta categoria é a que está mais propensa a receber referências cruzadas de outras áreas da bíblia de campanha – você pode precisar certificar-se que todos os links estão documentados, dependendo do seu formato.

Cultura é onde você incluirá detalhes sobre raças específicas, tradições culturais, crenças e festivais. Como história, este é um excelente lugar para adicionar profundidade de cenário, especialmente com feriados interessantes, detalhes de culturas específicas, etc. Se os elfos de sua campanha se comportam de forma diferente dos elfos típicos, este é o local onde esta anotação deve ser feita. Você deve sentir-se livre para ser tão inventivo quanto desejar – mas não puna os jogadores por não tornarem-se íntimos com os detalhes se eles não quiserem. Por exemplo, se seu cenário de campanha envolve regras intrincadas de como dirigir-se a estranhos baseado na idade e posição social, interpretar isso pode ser divertido, mas não será se durante a interpretação os personagens forem punidos por que o jogador se esqueceu como responder a um chamado numa dada situação. É possível esperar do personagem como comportar-se apropriadamente e ele poderia ser penalizado por ignorar os costumes da sociedade deliberadamente e não no caso do jogador esquecer-se de cumprimentar um honorável.

Miscelânea é uma categoria que engloba tudo que você deseja colocar na bíblia de campanha, mas que não se encaixa em nenhuma outra categoria já listada. Isso poderia incluir informações de que seu mundo gira ao redor de sóis binários ou que os dias e noites duram por décadas ou qualquer coisa que valha a pena ser mencionada mas que não se encaixa em nenhuma outra categoria.

Ao focar nos detalhes essenciais para a sua campanha, você assegura que seus jogadores e você mesmo não terão de procurar em várias páginas de informações inúteis em busca das informações desejadas; você assegura que as expectativas para o conteúdo da campanha são consistentes e que você não será sobrepujado pela adição de detalhes desnecessários sobre cada canto do mundo de campanha. É claro que se você se diverte com este nível de detalhamento nada impede que você mantenha um arquivo separado com material suplementar onde você pudesse explorar cada canto e fresta – quem sab
e, sua próxima campanha pode ser baseada no mesmo cenário de campanha e você pode ampliar os fundamentos que você já desenvolveu.

No próximo artigo nós discutiremos os tipos de jogos que se beneficiam e os que não se beneficiam de documentos de campanha explorados profundamente e os porquês.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s