Foco em Perícias: Prestar Auxílio (Parte 1)

Publicado por

Este artigo foi escrito por Ameron do dungeonmaster.com e foi ao ar em 27 de fevereiro de 2009, tendo sido autorizada a sua tradução.

This article wrote by Ameron from dungeonmaster.com was posted at February 27, 2009 and its translation was authorized by his author.

Como eu já falei inúmeras vezes, a adição dos desafios de perícias ao D&D 4ª edição foi um golpe de gênio. Isso nos forneceu os meios para desenvolver nossos personagens além dos limites de excelência com a espada. Nós temos, finalmente, um mecanismo para usar Acrobacia, Diplomacia e Ladinagem de uma forma significativa que renderá experiência.

Nem todos os personagens são fortes numa grande variedade de perícias (Guerreiros, nós estamos falando de você), mas graças à prestação de auxílio até mesmo o mais inepto personagem pode participar de forma significativa de um desafio de perícias. Minha preocupação é que a mecânica da prestação de auxílio não funciona. Dessa forma eu vou compartilhar com vocês minhas idéias de como consertá-la.

RECAPITULAÇÃO

Vamos recapitular rapidamente a maneira como a prestação de auxílio funciona. Quando um personagem estiver fazendo uma jogada de perícias (dentro ou fora de um desafio de perícias) outros personagens podem tentar ajudá-lo prestando auxílio. O personagem que presta auxílio faz um teste da perícia apropriada com CD 10 e se ele for bem sucedido, o personagem que estiver fazendo a jogada primária ganhará um bônus de +2. Normalmente essa é uma jogada muito fácil de fazer, e mesmo se você não for treinado você normalmente terá uma chance maior que 50% de proporcionar assistência.

O Guia do Mestre sugere que o narrador limite o número de personagens que podem auxiliar dependendo do cenário. Eu gosto dessa orientação e geralmente nós limitamos o número de personagens prestando auxílio a dois. Isso mantém as coisas no controle e impedem que um personagem consiga um bônus de +10.

PROBLEMA

Eu gosto da idéia da CD para prestar auxílio ser baixa. Ela deve ser baixa. Ela precisa ser baixa. Se a CD for realmente alta, a maioria dos personagens teria dificuldade em conseguir números altos para prestar auxílio. Então voltamos para o problema das edições anteriores, onde os personagens combatentes ficavam de lado durante os encontros sociais e outros desafios de perícias. Mas uma CD estática para ajudar soa um pouco louco!

Todos os personagens recebem um bônus de +1 sempre que avançam para um nível par. Então, um personagem de 18º nível tem um bônus de +9 para cada perícia, independente de sua habilidade ou treino na perícia. Uma vez que um 1 não é uma falha numa jogada de perícias, cada personagem que alcance o 18º nível (ou maior) irá automaticamente ser bem sucedido sempre que tentar prestar auxílio. Se o personagem tiver um atributo suficientemente alto, os sucessos automáticos vão começar a acontecer bem antes de alcançar o 18º nível. Quando os personagens não têm nenhuma chance de falha então a mecanica está quebrado.

SOLUÇÃO

Minha solução é simples; faça a CD para prestar auxílio mais difícil à medida que os personagens avançam. Se os personagens recebem um bônus de +1 nas perícias no 2º nível, porque não aumentar a CD para prestar auxílio na mesma proporção? Como eu disse acima, a CD para prestar auxílio é realmente muito fácil (mais de 50% para a maioria dos personagens), então porque não manter dessa forma independente do nível dos personagens? Isso força os jogadores a escolher talentos e poderes se eles quiserem tornar as jogadas de perícias mais fáceis. Se a CD primária aumenta baseada no nível dos personagens então é razoável que a dificuldade para prestar auxílio se torne mais difícil também.

Patamar Heróico

Patamar Exemplar

Patamar Épico

Nível do PC

CD para auxiliar

Nível do PC

CD para auxiliar

Nível do PC

CD para auxiliar

1

10

11

15

21

20

2-3

11

12-13

16

22-23

21

4-5

12

14-15

17

24-25

22

6-7

13

16-17

18

26-27

23

8-9

14

18-19

19

28-29

24

10

15

20

20

30

25

O que você acha? Prestar auxílio é geralmente muito fácil? A CD deveria permanecer 10, dessa forma fazendo com que prestar auxílio fique mais fácil à medida que os personagens aumentam de nível? Diga-nos como a manobra prestar auxílio está funcionando em seu jogo: essa manobra está tornando os desafios de perícias extremamente fáceis nos níveis mais altos?

Se você achou este artigo útil, então espere para ver a segunda parte deste artigo.

Special thanks to Ameron that authorized me to translate this fantastic article!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s