Como introduzir novos jogadores

Publicado por

Este artigo foi escrito por Brandan Landgraff do D20 Source e foi ao ar em 16 de setembro de 2009, tendo sido autorizada a sua tradução.

This article wrote by Brandan Landgraff from D20 Source was posted at September 16, 2009 and its translation was authorized by his author.

Isso acontece com todo grupo cedo ou tarde. Alguém se muda ou de uma hora para outra é escalado para trabalhar nas noites de jogo e o grupo passa a necessitar de um novo membro, ou talvez alguém traz um amigo. Seja qual for a razão, introduzir um novo jogador em uma campanha já em andamento pode ser um processo delicado. Muitos grupos de jogadores se tornam intimamente ligados e trazer um novo membro pode ser desagradável tanto para o novo jogador quanto para o antigo. Aqui estão algumas dicas para ajudar a evitar que seus jogadores sintam-se dispensáveis.

Mantenha um diário de campanha. Um dos maiores obstáculos para os novos jogadores é que eles caem numa história em andamento. Novos jogadores podem achar dissonante e confuso serem jogados num jogo sem nenhum plano ou referência. Possuindo um diário de campanha você pode assegurar que novos personagens terão uma idéia do que está acontecendo sem a necessidade de interromper a sessão de jogo para divagar sobre o que o resto do grupo já sabe. Existem muitas formas de manter os registros da campanha disponíveis. Sumários rápidos das aventuras anteriores do grupo com breves descrições dos personagens do mestre mais importantes devem ser suficientes. Um wiki da campanha é um excelente recurso para apresentar aos novos jogadores, pois ele pode ser atualizado por todos os membros do grupo, não apenas o narrador e os detalhes apresentados serão aqueles que os personagens em particular acham mais importantes.

Converse com o novo jogador, a sós e com o grupo. Da mesma forma que quando se está criando personagens para uma campanha nova, é importante assegurar-se que todos estejam no mesmo passo. Certifique-se que o novo personagem se ajuste no grupo como um todo e que o jogador entenda as necessidades da campanha. Pode ser mais difícil acomodar conceitos de personagens incomuns ou não tradicionais no meio de uma campanha do que no início, uma vez que o cenário já está consolidado na mente do grupo como um todo. Assegure-se também que o novo jogador saiba o que esperar da campanha e qual o seu estilo, bem como tenha uma idéia do tipo de jogo que ele gosta – assim você pode se adaptar para atender suas expectativas.

Seja justo. Não penalize os novos jogadores por serem novos – deixe-os começar no mesmo nível dos outros jogadores. Muitos jogadores irão entender a razão por trás disso. Se quaisquer uns de seus jogadores quiserem mudar seus personagens, seria uma ótima oportunidade de fazê-lo, seja trazendo um personagem completamente novo ou simplesmente refinando-o um pouco. Não seja muito desprendido com as mudanças – isso pode ser usado como uma forma de equilibrar o grupo para o jogador novato, não como uma carta branca para modificar qualquer coisa. Afinal de contas, se todos decidirem fazer novos personagens, é bem mais fácil começar uma nova campanha. Caso um evento como este ocorra, vale a pena considerar o recomeço como uma alternativa.

Trabalhem juntos para trazer o novo personagem para o jogo. Discuta com seu grupo como eles preferem lidar com isso e trabalhe com todos para certificar-se que todos ficarão satisfeitos.

Abaixo estão algumas idéias para integrar um novo personagem na história:

Narre um retrospect para estabelecer um relacionamento entre o novo personagem e o grupo existente, então salte para os eventos atuais e introduza o novo personagem.

Faça com que o novo jogador controle um personagem do mestre que os jogadores já sejam familiares, evitando a necessidade de narrar uma apresentação. Forneça ao novo jogador informações que o antigo personagem do mestre poderia ter para ajudar o grupo.

Permite que o novo jogador desempenhe o papel que era desempenhado por um personagem do mestre. Ao invés de fornecer um guia do personagem do mestre, por exemplo, traga o novo personagem no papel e forneça razões para que ele fique com o grupo.

Permita que o novo jogador represente o papel de alguém que faz parte da história de outro personagem. Isso permite que se crie uma ligação entre os personagens existentes e novos personagens sem que seja necessário gastar uma grande quantidade de tempo estabelecendo-a.

Assuma que o personagem sempre foi parte do grupo. Algumas vezes a forma mais simples de lidar com o problema é simplesmente ignorá-lo. Isso pode não funcionar em algumas campanhas.

Não importa o que você faça, lembre-se que a mais importante consideração é certificar-se que todos se divirtam. Se todos os envolvidos estiverem satisfeitos, não importa o método que você escolha para introduzir novos jogadores ao jogo, então não sofra com os detalhes e apenas divirta-se com o jogo.

Special thanks to Brandan Landgraff that authorized me to translate this fantastic article!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s