Sessão 13 – Campanha D&D4E

Publicado por

Os personagens começaram a explorar um túnel longo, porém apertado.

Enquanto rastejavam uma cobra de ferro aparece e começa um combate interessante. William, o guerreiro que ia na frente, sem muita mobilidade foi atacado diversas vezes pela cobra, mas sua situação não tornou-se crítica em virtude da zona de energia conjurada pelo Invocado do grupo, que lhe concedia cinco pontos de vida temporários por rodada.

Após derrotarem a cobra, que acabou fugindo, eles observam o local onde estão – cortesia do druida transformando-se numa pequena aranha – e ao perceber que estão ainda próximos da torre quebrada, resolvem continuar a exploração em direção a Scepter Tower, acreditando que há uma entrada por baixo.

Hopstar se recusa a continuar no túnel (o jogador não vinha a sessão há um bom tempo, mas havia grande sabedoria em suas palavras) e ele retornou pelo túnel, mas logo foi “convencido” a retornar quando percebeu que alguns kobolds faziam a patrulha.

Novamente reunido com seus companheiros, eles chegam a um salão, onde eles sentem as pedras de uma construção. A parede faísca com energias místicas e parece ter sido encantada por uma força além da compreensão dos membros do grupo. Talvez devido o desapontamento do Invocador, ele resolve testar as proteções da parede e conjura um Sun Strike que após ser absorvida pela parede retorna em direção ao Invocador, fazendo-o sentir o gosto do próprio poder.

Convencidos que por ali não conseguirão passar e não tendo encontrado nenhuma passagem secreta, retornam para os túneis e fazendo alguns esforços para se localizarem escolhem um dos túneis que acabam por levar a um outro salão maior, no qual o Invocador percebe haver um alçapão de madeira.

William abre o alçapão e após verificar a profundidade e constatar que o local tem uns 3 metros de profundidade e que se trata de um corredor esculpido em pedra, pulam todos e decidem seguir um caminho. Armym percebe que o corredor tem uma inclinação e que eles estão descendo e em intervalos regulares existem aberturas com aproximadamente 10 centímetros no chão e após transformar-se novamente numa aranha e com auxílio da luz do bastão solar ele constata ser salões de ambos os lados, mas não há como os demais passarem e por isso continuam pelo corredor, que termina numa parede com saliências na rocha e com um teto pelo menos duas vezes mais alto o da sessão anterior.

Will sobe até o topo e encontra uma grande pedra tapando a passagem, sem obter sucesso, Andos o substitúi e com a ajuda de Armym que primeiro sai do local conseguem abrir a passagem. O corredor os levara do lado sul ao lado norte das ruínas e eles estavam agora bem próximos de um baluarte e Armym ouve passos se afastando na entrada de uma das torres, particularmente de uma que mostrava sinais de reconstrução recente.

Eles batem a porta – nova -, chamam e nada. Abusando de sua forma animal Armym entra no local e volta o mais rápido que pode após ver o que os aguardava. Quatro halflings armados com espadas curtas aguardavam dentro de uma sala mobiliada e com uma escada em espiral levando a um nível inferior e superior.

Eles arrombam a porta e iniciam um movimento de negociação, tentando fazer com que os ocupantes os deixem passar, mas a tentativa é em vão e logo o combate irrompe e os halflings se revelam homens-rato. Embora os adversários tivessem vantagem em relação ao terreno e os aventureiros não tenham agido com extrema coordenação, os benditos halflings são derrotados facilmente.

Balanço da Sessão

Dessa vez conseguimos começar a sessão relativamente mais cedo e com o comparecimento do Tendson, que andava de castigo no trabalho. Como sempre, quando ele está as sessões acabam sendo mais divertidas, pois não é todo grupo que tem um personagem chamado “Estrela Saltitante” e que interpreta tão bem todos os seus poderes de ataque.

Os personagens tiveram um combate difícil com a cobra de ferro no túnel dos kobolds, mas foram bem sucedidos com os halflings, mas é claro que o número de 20 conseguidos nas jogadas de ataque também foram decisivos para um combate mais rápido e eles foram muitos.

Ótima sessão. Na próxima semana tem mais!

———————————————
Sessão do dia 22 de setembro de 2009
Campanha Portal de Baldur

Narrador
Franciolli Araújo

Jogadores / Personagens
Alexsandro Dantas – Argrom Tasgraum (Dragonborn Warlord 3 de Waterdeep) & Will (Humano Guerreiro 3 da Terra dos Vales)
Anderson Silva – Andos Molikscarir (Dragonborn Bárbaro 3 de Águas Profundas)
Leandro Nantes – Galindann (Eladrin Warlock 2 de Águas Profundas)
Tendson Artur –  Hopstar (Half-elf Invoker 3 de Waterdeep)
Hemerson Bezerril –  Armym Wood (Humano Druida 3 do Vale das Sombras)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s