Sessão 03 – Campanha D&D4E

Publicado por

O grupo recebe um documento no qual está indicado que eles são membros a serviço dos Punhos Flamejantes e que estão investigando o roubo de cargas dos irmãos Boritz.

Quando saem do quartel o grupo se dirige até o Boritz & Boritz, um empório especializado em cerâmicos. Lá percebem que o nome está sendo mudado para Alezander Boritz Cerâmicos. Alezander é o irmão mais velho e acusou Marcus Boritz, seu irmão mais novo de ter roubado parte de sua carga.

Alezander, apresenta-se simpático e prestativo e fornece todas as informações solicitadas pelo grupo, descrevendo tudo nos mínimos detalhes. Ele pede que seus funcionários façam o mesmo.

Eles descobrem que nos documentos recebidos no porto, deveriam haver 10 caixas com peças, mas apenas 08 chegaram ao destino. As duas caixas roubadas continham principalmente urnas utilizadas para acondicionamento de óleos e água que seriam vendidas para os templos e as ricas famílias de Portal de Baldur.

Kaio, um dos funcionários de Alezander fala sobre um homem chamado Ramon, que Marcus Boritz conheceu provavelmente em um dos salões de festa da cidade, provavelmente a Casa de Festas Sariel, onde dizem, Marcus tem uma amante. Ele diz também que foi depois que os dois se conheceram que Marcus mudou.

Em seguida eles vão até o empório Boritz Cerâmicos, a dois quarteirões dali, onde encontram o arrogante Marcus Boritz, um bom-vivant que parece ter trocado as noites de farra pelo comércio responsável.

O seu empório é pelo menos duas vezes maior que o do irmão, mesmo possuindo uma signficativa quantidade menor de peças, além de possui dois guardas na porta.

Quando entram falam com um homem que os trata com desdém e sai do empório. Argrom o segue até a porta e o ouve falando com os soldados lá fora, dizendo que eles devem ter cuidado com o grupo.

No empório, Marcus diz que não pensava que seu irmão pudesse acusá-lo de roubo, pois ele fora roubado e comunicou diretamente o fato ao porto, mas seu irmão parecia querer provocá-lo, a ponto de envolver a Liga Mercante e os Punhos Flamejantes na história.

Ele diz ainda que comprou 08 caixas do mesmo fornecedor de cerâmicos de seu irmão, mas somente 06 chegaram em suas mãos. O grupo pede para ver os documentos e ele mostra, mas não apresenta a lista com os itens contidos em cada caixa.

Depois de conversar com Marcus Boritz eles se dirigem para o porto, onde encontram o prestativo Leucius, responsável pelas cargas no porto e que diz estar tendo dores de cabeça em virtude desse problema com os irmãos Boritz.

Ele diz que ele mesmo conferiu e lacrou as carroças e que deixou os documentos com os três guardas que estavam lá na noite: Felrinth, Rufiam e Niell.

Felrinth e Niell só estariam mais tarde no porto, depois do anoitecer e Rufiam saiu um mês depois do ocorrido.

Quando perguntado sobre identificações das cargas, ele diz que todas as caixas tinham gravadas ainda o nome Boritz & Boritz, de forma que poderia ter havido uma troca de mercadorias, como o grupo suspeitava, mas todos disseram ter recebido o que estava em suas listas, apenas reclamavam da falta de dois caixotes cada um, contendo principalmente urnas e vasilhas para acondicionamento de óleos.

Sairam do porto direto para o empório de Alezander, querendo saber se ele ainda tinha as caixas nas quais vieram os cerâmicos. Ele disse que ainda tinha uma caixa, mas as outras havia levado para o porto, onde elas poderiam ser reaproveitadas.

Em seguida foram até o empório de Marcus que disse ter devolvido apenas algumas caixas, tendo ficado com a maioria.

O grupo voltou mais tarde para falar Felrinth e Niell.

Felrinth dizia que na noite do ocorrido ele estava chegando ao porto e se lembra apenas de ter acordado no dia seguinte, dentro do navio. Niell diz que ele esteve com ele, durante a noite toda, mas Felrinth nega veementemente. Armym acredita que ambos estão falando a verdade, o que começa a dar a eles uma pista do que aconteceu.

Sobre Rufiam, eles descobrem que ele saiu do porto e foi trabalhar como guarda de Marcus Boritz.

Saindo do porto, uma hora depois de anoitecer, eles voltam para o empório de Marcus Boritz e percebem que ele está saindo da loja com dois guardas. Eles saem a pé e caminham pelas ruas de Portal de Baldur.

Armym, usando seus poderes, transforma-se num cão que os segue pelas ruas, a distância. Após vários desencontros, eles saem dos limites da cidade, indo para a área rural, nas margens do Rio Chiontar.

Ele e seus dois guardas entram em um galpão, visinho a uma casa com um pier nos fundos. Uma pequena embarcação está atracado no rio e algumas pessoas estão colocando caixotes dentro do barco.

Armym se aproxima enquanto os demais caminham a distância e ouve pelo menos o movimento de oito homens dentro do galpão.

Quando os demais membros se aproximam, o barco parte e eles são avistados por Marcus, que entra correndo no galpão.

Eles dão a volta pelo galpão e quando chegam lá percebem que há quatro guardas, um mago e o próprio Marcus, que se revela como um doppleganger disfarçado, o que faz com que tudo faça sentido.

Armym é o primeiro a tombar diante dos poderosos golpes dos guardas, mas com a ajuda de Argrom, consegue levantar-se. Enquanto isso Garel-kay tenta afastar os inimigos o máximo possível. Will também cai, mas também se levanta.

O doppleganger é derrotado, bem como o mago que estava com eles e os guardas sem garantias de recebimento se rendem diante do grupo.

Com todos subjugados, os recrutas descobrem 5.200 moedas de ouro em cartas de crédito, que são levadas também aos Punhos Flamejantes.

———————————————-
Sessão do dia 21 de março de 2009
Campanha Portal de Baldur

Narrador
Franciolli Araújo

Jogadores / Personagens
Alexsandro Dantas – Argrom Tasgraum (Dragonborn Warlord 1 de Waterdeep)
Álvaro Dantas – Will (Human Fighter 1 de Dalelands)
Anderson Silva – Andos (Dragonborn Barbarian 1 de Baldur’s Gate)
Hemerson Bezerril – Armym (Human Druid 1 de Dalelands)
Tendson Artur – Hopstar (Half-elf Invoker 1 de Waterdeep)
Williams Garcia – Garel-kay (Genasi Sorcerer 1 de Akanûl)

NPCs
Alezander e Marcus Boritz
Bernath, Kaio e Leon (funcionários de Alexsander)
Motley (mago), Aldebaran, Barav, Katan e Rufiam (guardas) (funcionários de Marcus)
Leucius (responsável pelas cargas no porto)
Felrinth e Niell (funcionários do porto)
Ramon (suposto amigo de Marcus que partiu para Amn)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s